CONCEITOS PRINCIPAIS

A FALÁCIA PRÉ/TRANS
A contribuição teórica mais importante de Wilber para a compreensão da natureza do desenvolvimento espiritual é a chamada "falácia pré/trans". Temos a tendência de confundir estados pré-pessoais e transpessoais porque ambos são não-pessoais.

AS QUATRO FASES
Wilber dividiu seu próprio desenvolvimento intelectual em quatro fases, chamadas simplesmente de Wilber-1, Wilber-2, Wilber-3 e Wilber-4. A maior parte dos críticos discutem os trabalhos das fases iniciais, embora não tenham uma compreensão mais ampla da obra de Wilber.

OS QUATRO QUADRANTES
Uma compreensão integral da consciência humana deve incluir pelo menos as dimensões exteriores e interiores, em suas manifestações individuais e coletivas. Esse Modelo dos Quatro Quadrantes é o princípio condutor dos trabalhos mais recentes de Wilber.

OS DEZ NÍVEIS
O modelo de estágios proposto por Wilber consiste de quatro estágios pré-pessoais, três estágios pessoais e três transpessoais – ao todo, um modelo de nove estágios do desenvolvimento humano. Cada um deles pode ser correlacionado a formas específicas de patologia e terapia.

POLÍTICA INTEGRAL
Nos últimos anos, Wilber expandiu sua abordagem integral ao campo da política. Sua visão é de uma espiritualidade liberal, um humanismo místico que abrange a Esquerda, a Direita e "Acima" – os estágios do desenvolvimento humano desprezados pelos dois partidos.

INVOLUÇÃO E EVOLUÇÃO
A visão de Wilber é evolucionária do início ao fim. Ele vê o desenvolvimento não apenas na natureza, mas também na cultura e na espiritualidade. Entretanto, a evolução é sustentada por um processo de involução um tanto misterioso.

FILOSOFIA INTEGRAL
Mais do que qualquer outra escola de pensamento, a filosofia integral combina o melhor da pré-modernidade, modernidade e pós-modernidade, enquanto ao mesmo tempo evita suas formas extremas de expressão.

TRES TIPOS DE CIENCIA
Wilber reescreveu a filosofia da ciência de modo que ela não apenas fundamenta as ciências natural e social, mas abre espaço para um terceiro tipo de "ciência": a meditação ou a pesquisa interior, que segue os mesmos passos formais como os outros dois tipos de ciência.

HOLONS
Um conceito principal na filosofia de Wilber é o conceito de holon, que ele pegou emprestado de Arthur Koestler. A idéia é que tudo não é apenas um todo, mas também parte de um todo maior, ou seja uma "parte/todo" ou "holon".

KOSMOS
A visão de Kosmos de Wilber é muito diferente da visão da física, que afirma que a matéria é a única realidade "real". Para abrir espaço para outras dimensões da existência, Wilber pegou emprestado o termo Pitagoreano "Kosmos".

Traduzido por Priscila e Moacyr Castellani
www.metacoaching.com.br