Excerto G:

Rumo a Uma Teoria Completa de Energias Sutis

Ken Wilber

Parte IV. Algumas Comparações com Outros Teoristas

Esta seção usa um índice AQAL acoplado à taxonomia apresentada de energias sutis, para sugerir como a maior parte dos teoristas e pesquisadores de energias sutis pioneiros forneceram peças inestimáveis do quebra-cabeça global. Juntar essas peças numa teoria integral de energias sutis, exatamente na linha sugerida nas seções precedentes, é, creio eu, uma possibilidade muito real neste momento. Com o intuito de dar uma idéia geral de como tal síntese pode ser obtida, espero ter apresentado "pontos essenciais" suficientes desta teoria integral nas seções anteriores, bem como as principais confusões importantes que, em minha opinião, devem ser esclarecidas para que qualquer teoria possa ter sucesso.

Os principais teoristas considerados são Rupert Sheldrake, Michael Murphy, William Tiller, Allan Combs, Robert Becker, Deepak Chopra, Hiroshi Motoyama, Marilyn Schlitz, Larry Dossey e Gary Schwartz, entre outros. Sou um grande admirador de todos esses teoristas, e boa parte da teoria integral foi desenvolvida, ao longo dos anos, em discussões com muitos deles. Esta seção lida com os detalhes técnicos, mas porque não foi apresentado nenhum conceito importante novo, que já não tenha sido esboçado nas seções precedentes, por enquanto pararei a apresentação por aqui.

Provavelmente em abril, o Integral Institute abrirá suas portas para associação a esta e outras discussões semelhantes. Foi planejado um espaço para energia sutil, coordenado por Bob Richards, que vocês poderão achar interessante. Por favor, fiquem ligados ao site integralinstitute.org para detalhes.

Tradução de Ari Raynsford